Castas de vinhos portugueses

castas de vinho

Portugal ocupa o 6° lugar na escala mundial como país produtor de vinho.

A região do Douro foi a primeira zona vitícola do mundo, tendo os seus limites sido demarcados em 1756.
Portugal dispõe de um numero de castas autóctones importantes, como também varios microclimas, de tipos de solo e variedades de castas, o que permite aos vinhos portugueses uma vantagem incontestável para a qualidade dos vinhos.

As principais Castas de Vinhos :

Alvarinho (branca)
Famosa graças ao vinho verde (região do Minho), a uva alvarinho é cultivada no Minho, na zona de Monção e Melgaço. Trata-se de uma uva de produção reduzida e com uma pelicula grossa. Produz vinhos médios a encorpados, secos, acidulados e aromáticos com notas de pêssego, maçã e trigo, citrinos, com um carácter mineral acentuado.

Arinto (branca)
Cultivada no norte e no centro de Portugal, a casta Arinto lidera na zona de Bucelas, produzindo vinhos secos, frisantes, com bela acidez refrescante, com aromas citrinos de maçã e minerais. Casta conhecida como Pederna na região do vinho verde.

Fernão Pires (branca)
Casta branca versatil usada desde os vinhos espumantes na Bairrada até brancos acidulados e aromáticos no Ribatejo e na Peninsula de Setubal. Contem aromas florais, maçã, algumas notas de citrino e acidez moderada. Esta casta é conhecida como Maria Gomes na Bairrada.

Aragonez (tinta)
A bem conhecida Tinta Roriz no norte de Portugal, sendo uma das cinco grandes castas para os vinhos do Porto, a casta Aragonez também é cultivada no Alentejo e em Espanha com o nome de Tempranillo. Casta rica em taninos dando vinhos frutados (cereja, groselha, framboesa) aromáticos e escuros.

Touriga Nacional (tinta)
Casta bem apreciada em Portugal, sendo muito usada como base para os vinhos do Porto, os produtores utilisam muito esta casta para os vinhos de mesa tintos. As uvas contêm doçura, aroma, extratos, taninos e cor. Os vinhos são aromáticos, refletos de frutos vermelhos com notas florais de violetas, pinho, esteva, eucalipto e ervas aromáticas, com um potencial de envelhecimento bastante elevado.

Castelão (tinta)
Estas uvas são cultivadas principalmente no sul de Portugal com dominante nas vinhas da Peninsula de Setubal. Os vinhos jovens apresentam notas de framboesa e de groselha, com o amadurecer no tempo apresentam um carácter mais quente, austero e suave.

Trincadeira (tinta)
Uvas muito bem divulgadas em Portugal e conhecidas como Tinta Amarela do Douro. Casta tradicional e antiga do Alentejo, região que produz tintos secos, fortes com frutos vermelhos, notas florais silvestres e vegetais.

vinhos portugueses

Language
Receitas em destaque
  • Bifes de Peru Panados

    Bifes de Peru Panados

    Receita : Bifes de Peru Panados Preparação: Cortar o peito de peru em bifes não …
  • Bacalhau à Gomes de Sá

    Bacalhau à Gomes de Sá

    Receita de Bacalhau à Gomes de Sá Preparação : Na véspera, coloque o bacalhau de …
  • Polvo à Lagareiro

    Polvo à Lagareiro

    Preparação : Deixe cozer o polvo na panela durante 1 hora, com a cebola e …
  • Creme de maçã

    Creme de maçã

    Receita Creme de maçã Ingredientes: – 5 maçãs vermelhas – 2 casquinhas de limão – …
  • Pudim de coco

    Pudim de coco

    Receita Pudim de Coco Ingredientes: – 370 g de açucar – 100 g de coco …